Pesquisas Eleitorais

 
Encontre aqui sua Pesquisa
Pesquisa

 Situação permanece estável no MS: Delcídio lidera, mas a ocorrência ou não do segundo turno segue indefinida

25/09/2014

​Entre os dias 22 e 24 de setembro, o IBOPE Inteligência realizou, a pedido da TV Morena, nova rodada de pesquisa de intenção de voto em Mato Grosso do Sul. Não se observam alterações significativas na disputa pelo Governo do Estado: Delcídio (PT) tem 42% das intenções de voto, Reinaldo Azambuja (PSDB) é mencionado por 23% e Nelsinho Trad (PMDB) tem 16% das menções. Os demais candidatos (Evander Vendramini, do PP, Prof. Monje, do PSTU, e Professor Sidney Melo, do PSOL) têm até 1% das menções cada um. Eleitores sul-mato-grossenses com intenção de votar em branco ou de anular o voto totalizam 6% e aqueles que não sabem ou não opinam são 11%. Comparando as intenções de voto de Delcídio (42%) com a soma das intenções de voto dos demais candidatos (41%) e considerando a margem de erro de três pontos percentuais (p.p.) mais a parcela de indecisos (11%), não é possível afirmar a ocorrência ou não de segundo turno.

Destaque por segmentos

Delcídio tem mais simpatizantes entre os homens e entre eleitores do Mato Grosso do Sul com idade entre 16 e 24 anos (em que cresce 7 p.p.), com 48% das intenções de voto em cada um dos segmentos. Cabe salientar também o crescimento de 15 p.p. de Delcídio entre o eleitorado com ensino Superior, tendo agora 44% das menções neste grupo.

O candidato do PSDB segue tendo melhor desempenho entre os eleitores sul-mato-grossenses com ensino Superior, com 30% das intenções de voto. Vale destacar também seu desempenho entre aqueles que possuem renda familiar mensal acima de dois salários mínimos, segmento em que tem 29% das menções.

Já o peemedebista tem melhor desempenho e também seu maior crescimento em relação à pesquisa anterior entre os que possuem renda até um salário mínimo, com suas intenções de voto variando de 12% para 22%, e entre os que têm entre 25 e 34 anos, segmento no qual as menções a Nelsinho Trad variam de 16% para 22% nesta rodada.

Intenção de voto espontânea

Quando o disco com o nome dos candidatos não é apresentado, Delcídio é lembrado por 32% (crescimento de 4 p.p. em relação à rodada anterior), as intenções de voto em Reinaldo Azambuja variam de 14% para 17% e Nelsinho Trad oscila positivamente 1 p.p. tendo 11% das menções. Entrevistados que declaram a intenção de votar em branco ou nulo somam 6% e aqueles que não sabem ou não respondem totalizam 32% (eram 41% na medição anterior).

Expectativa de vitória

Independentemente de suas intenções de voto, cerca de metade do eleitorado do Mato Grosso do Sul (52%) acredita que Delcídio será eleito governador do estado (crescimento de 5 p.p.), ao passo que Reinaldo Azambuja é mencionado como candidato vitorioso por 15% e Nelsinho Trad, que oscila negativamente 2 p.p., é citado por 11%. Entrevistados que preferem não opinar são 19%.

Rejeição

Os índices de rejeição aos candidatos não sofrem alterações significativas em relação à medição realizada no início de setembro: Delcídio é citado por 20%, Nelsinho Trad tem 17%, Prof. Monje é citado por 15% dos entrevistados, Professor Sidney Melo é mencionado por 12%, Evander Vendramini e Reinaldo Azambuja têm 8% cada um. São 14% os entrevistados que respondem de maneira espontânea que poderiam votar em qualquer candidato, enquanto 26% não sabem ou não respondem (queda de 5 p.p.). Nesta pergunta, o respondente tem a opção de citar mais de um candidato.

Intenção de voto para o Senado

Na disputa pela vaga do Senado pelo Mato Grosso do Sul, Simone Tebet (PMDB) varia de 34% para 37% das intenções de voto e segue na liderança. Em outro patamar aparecem estáveis em relação à medição anterior o ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), com 19% das menções, Ricardo Ayache, do PT, com 12% e Antonio João (PSD) com 5%. Os demais candidatos têm, cada um, até 1% das intenções de voto. Entrevistados que declaram a intenção de votar em branco ou nulo totalizam 6% (oscilação negativa de 2 p.p.) e os que preferem não opinar somam 19% (eram 22% na pesquisa anterior).

Na pergunta espontânea de intenção de voto para Senador, 42% dos entrevistados estão indecisos, 15 p.p. a menos do que o observado na medição passada. Simone Tebet é lembrada por 27% (crescimento de 10 p.p.), Alcides Bernal oscila positivamente 2 p.p. e tem 12%, Ricardo Ayache varia de 5% para 8% e Antonio João é mencionado por 3%. Intenções de voto em branco ou nulo somam 7%.

Intenção de voto para presidente

No estado do Mato Grosso do Sul, Dilma (PT) lidera com 32% das intenções de voto. Marina Silva (PSB) cai 6 p.p. e tem hoje 29%, enquanto Aécio Neves (PSDB) cresce de 17% para 22%. Eleitores sul-mato-grossenses com intenção de votar em branco ou nulo somam 6%, enquanto 10% preferem não opinar a respeito.

Na pergunta espontânea, a candidata à reeleição é lembrada por 29% (oscilação positiva de 2 p.p.), enquanto Marina Silva tem 24% (eram 28% na primeira semana de setembro) e Aécio Neves tem 19% das intenções de voto (crescimento de 6 p.p. em comparação à rodada passada). Aqueles que têm a intenção de votar em branco ou de anular o voto somam 6% e os que preferem não responder são 19% (queda de 5 p.p).

Avaliação da atual administração

A administração do governador André Puccinelli é avaliada como ótima ou boa por 57%, como regular por 29% e como ruim ou péssima por 12% (eram 9% anteriormente). A atual gestão é aprovada por 71% dos sul-mato-grossenses, desaprovada por 24% (variação positiva de 3 p.p.) e não avaliada por 4% (queda de 5 p.p em relação à rodada passada).

Selecione uma das opções abaixo para ver os resultados detalhados.

 

Rodada atual                         Histórico de Rodadas


                       

  

Período de campo: a pesquisa foi realizada entre os dias 22 e 24 de setembro de 2014.
Tamanho da amostra: foram entrevistados 812 eleitores.
Margem de erro: a margem de erro estimada é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. O nível de confiança utilizado é de 95%.
Solicitante: pesquisa contratada pela TELEVISÃO MORENA LTDA.
Registro: registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso do Sul sob registro nº MS-00042/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo nº BR-00788/2014.
Data de Publicação:26/09/2014