Pesquisas Eleitorais

 
Encontre aqui sua Pesquisa
Pesquisa

 Raimundo Colombo amplia a distância do segundo colocado e segue na liderança em SC

17/09/2014

​Na terceira rodada de pesquisas realizadas em Santa Catarina pelo IBOPE Inteligência a pedido da RBS, o governador Raimundo Colombo (PSD) tem 49% das intenções de voto, seis pontos percentuais (p.p.) acima do que obteve na medição anterior. Em outro patamar, o senador Paulo Bauer (PSDB) oscila negativamente de 19% para 17% das menções, ao passo que Claudio Vignatti (PT) aparece estável, com 7%. Os demais candidatos (Afrânio Boppré, do PSOL, Janaina Deitos, do PPL, Marlene Soccas, do PCB, Elpídio Neves, do PRP, e Gilmar Salgado, do PSTU) têm até 1% das intenções de voto cada um. Entrevistados com intenção de votar em branco ou nulo somam 7%, 3 p.p. a menos do que na pesquisa passada, enquanto aqueles que não sabem ou não respondem são 16%. Levando em conta que Raimundo Colombo tem 49% das menções e os demais candidatos somados alcançam 28% das intenções de voto, o pessedista seria eleito no primeiro turno se as eleições fossem hoje.

Destaque por segmentos

Nesta rodada, Raimundo Colombo tem melhor desempenho entre eleitores catarinenses com escolaridade até 4ª série do ensino Fundamental (52%), entre os que possuem renda entre 2 e 5 salários mínimos (52%). Em ambos os segmentos, há crescimento de 11 p.p. em relação à rodada anterior. O atual governador também se destaca entre os que possuem escolaridade entre 5ª e 8ª série do ensino Fundamental (52%, com aumento de 7 p.p.).

As intenções de voto em Paulo Bauer têm oscilação negativa na maioria dos segmentos. Nesta rodada, o peessedebista tem mais simpatizantes entre aqueles que possuem renda familiar mensal acima de cinco salários mínimos, com 24% das intenções de voto (segmento em que se destaca na segunda pesquisa).

Intenção de voto espontânea

Quando o disco com o nome dos candidatos não é apresentado, 44% dos eleitores catarinenses se mostram indecisos quanto à escolha do candidato a governador (eram 56% em agosto). O candidato à reeleição é lembrado por 34% dos entrevistados, subindo 11 p.p. em relação ao resultado observado na rodada anterior, ao passo que Paulo Bauer varia de 6% para 9% e o candidato petista segue mencionado por 4%. Aqueles que têm a intenção de votar em branco ou anular o voto totalizam 8%.

Segundo turno

O IBOPE Inteligência testou novamente o cenário entre Raimundo Colombo e Paulo Bauer. Nesta simulação, o atual governador venceria com 56% das intenções de voto (10 p.p. acima do observado em agosto), contra 22% de Paulo Bauer. Entrevistados com intenção de votar em branco ou nulo são 8% (eram 11% em agosto) e os que preferem não opinar somam 14% (eram 18%).

Expectativa de vitória

Independentemente de suas intenções de voto, aproximadamente seis em cada dez eleitores catarinenses (59%) consideram que o atual governador será reeleito. Esse percentual está 6 p.p. acima do que foi observado na segunda rodada. Já o candidato Paulo Bauer segue mencionado por 11%. Entrevistados que não sabem ou não respondem são 26% (eram 32% em agosto).

Rejeição

Na pergunta sobre qual candidato não votariam de jeito nenhum, tendo a opção de citar mais de um deles, Raimundo Colombo é mencionado por 13%, Paulo Bauer por 10% e os demais candidatos têm índices de rejeição entre 5% e 8% cada. De maneira espontânea, um terço (33%) diz que poderia votar em qualquer candidato e 32% preferem não opinar (eram 36% em agosto).

Intenção de voto para o Senado

Na disputa pela vaga no Senado por Santa Catarina, o candidato Paulo Bornhausen (PSB) segue com 25% das intenções de voto, seguido de perto por Dário (PMDB) que cresce 7 p.p. e tem 22% das menções. Desse modo, os candidatos do PSB e do PMDB se encontram em situação de empate técnico. O candidato do PT, Milton Mendes, fica estável com 7%. Os demais candidatos têm até 3% das intenções de voto cada um. Entrevistados que têm a intenção de votar em branco ou nulo somam 9% e aqueles que não sabem ou não respondem totalizam 27%.

Na pergunta espontânea, ou seja, quando não é apresentado o disco com o nome dos candidatos, cerca de seis em cada dez eleitores de Santa Catarina (62%) estão indecisos quanto à escolha do candidato ao Senado (eram 73% em agosto). Dário é lembrado por 11% (7 p.p. a mais do que na pesquisa passada) e Paulo Bornhausen por 10% (crescimento de 4 p.p.). Os entrevistados que declaram a intenção de votar em branco ou nulo variam de 11% para 9% nesta rodada.

Intenção de voto para presidente

No Estado de Santa Catarina, a candidata à reeleição Dilma (PT) varia de 34% para 37% intenções de voto, Marina Silva (PSB) oscila de 22% para 24% e Aécio Neves (PSDB) segue com 20% das menções. São 6% aqueles que têm a intenção de votar em branco ou nulo e 9% os que preferem não opinar.

Na pergunta espontânea, um terço dos eleitores (33%) não opina a respeito do voto para presidente (eram 42% em agosto). A presidente Dilma é lembrada por 28% dos entrevistados (3 p.p. a mais do que na segunda medição), Marina Silva é mencionada por 17% (crescimento de 4 p.p.) e Aécio Neves oscila positivamente de 12% para 14%. Entrevistados com intenção de votar em branco ou de anular o voto são 5% (eram 8% na pesquisa anterior).

Avaliação da atual administração

A administração de Raimundo Colombo no Estado de Santa Catarina é tida como positiva (soma das menções ótima e boa) por 45%, como regular por 35% e como ruim ou péssima por 15%. Nesta pergunta, 5% preferem não responder. A gestão do governador é aprovada por 63% (crescimento de 4 p.p.) e desaprovada por 26%. Aqueles que não opinam a respeito somam 11% (eram 15% em agosto).

Selecione uma das opções abaixo para ver os resultados detalhados.

 

Rodada atual                         Histórico de Rodadas


                       

  

Período de campo: a pesquisa foi realizada entre os dias 14 e 16 de setembro de 2014.
Tamanho da amostra: foram entrevistados 1008 eleitores.
Margem de erro: a margem de erro estimada é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. O nível de confiança utilizado é de 95%.
Solicitante: pesquisa contratada pela RBS PARTICIPAÇÕES S.A.
Registro: registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina sob registro nº SC-00024/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo nº BR-00660/2014.
Data de Publicação:18/09/2014