Pesquisas Eleitorais

 
Encontre aqui sua Pesquisa
Pesquisa

 Disputa pelo governo do Pará segue empatada, com ligeira vantagem de Simão Jatene

13/09/2014

​A terceira pesquisa de intenção de voto no Pará realizada pelo IBOPE Inteligência em parceria com a TV Liberal aponta Simão Jatene (PSDB) com 42% das intenções de voto e vantagem numérica com relação a Helder Barbalho (PMDB), que tem 38% das menções. Os candidatos seguem tecnicamente empatados na disputa pelo Governo do Estado. Em relação à pesquisa anterior, Jatene oscilou 2 pontos percentuais (p.p.) para mais e Helder 2 p.p. para menos. Os demais candidatos (Marco Antonio, do PCB, Zé Carlos do PV, Marco Carrera, do PSOL e Elton Braga, do PRTB) mantêm-se no mesmo patamar, com até 2% das menções, cada. Eleitores paraenses com a intenção de votar em branco ou anular o voto continuam somando 5% e os indecisos oscilam 1 p.p. para mais e agora são 10%.
A situação atual na disputa pelo Governo entre o candidato peemedebista e o peessedebista levaria hoje as eleições para o segundo turno

Destaque por segmentos
Nesta rodada, a intenção de voto em Simão Jatene é mais homogênea entre o conjunto de segmentos analisados. O candidato apresenta seu melhor desempenho entre os eleitores de 25 a 34 anos, variando de 34% na primeira pesquisa para 46% na atual. Além disso, cresce consideravelmente entre os eleitores mais velhos: 14 p.p. na faixa de 45 a 54 anos, atingindo agora 44%, e 11 p.p. entre eleitores com 55 anos ou mais, apresentando também 44%. Entre os eleitores com renda superior a 2 SM, o candidato cresce 5 p.p., atingindo 45% das intenções de voto; neste segmento, seu adversário, Helder Barbalho, apresenta queda de 7 p.p., tendo  agora 35% das menções. A mesma situação acontece entre o eleitorado do sexo masculino, em que Simão cresce 5 p.p. em relação à rodada anterior (de 39% para 44%) e Helder cai 4 p.p. (de 41% para 37%).
Helder Barbalho tem seu melhor desempenho entre os eleitores de 16 a 24 anos, com 43% das intenções de voto. Em relação à medição anterior, varia positivamente 8 p.p entre os eleitores de formação básica (até a 4ª série do Ensino Fundamental) de 31% para 39%; entretanto, seu percentual cai 13 p.p. entre os eleitores mais instruídos (superior completo), indo de 42% para 29%.

Intenção de voto espontânea
Cai para 46% (eram 55% na pesquisa anterior) o percentual de eleitores que não opinam sobre sua intenção de voto para Governador, quando questionados sem a apresentação de disco com os nomes dos candidatos. Simão Jatene cresce 8 p.p. nesta medição, tendo agora 27% das intenções de voto espontâneas, já o candidato peemedebista foi lembrado por 20% dos eleitores, tendo oscilado 1 p.p para mais.

Segundo turno
O IBOPE Inteligência simulou um cenário de segundo turno entre Simão Jatene e Helder Barbalho. Os candidatos mantêm-se tecnicamente empatados, com 42% e 40%, respectivamente, tendo o atual governador do Estado mantido seu percentual e o candidato pelo PMDB apresentado oscilação negativa de 3p.p em relação à pesquisa anterior. Aqueles que pretendem votar em branco ou anular o voto são 5% e os que preferem não opinar totalizam agora 13% (3 p.p. a mais do que na última pesquisa).

Expectativa de vitória
Neste momento, independentemente de suas preferências,  os eleitores do Pará estão divididos entre as chances de vitória de Simão Jatene ou Helder Barbalho para Governador, uma vez que ambos são citados por 40% do eleitorado. Não houve alteração significativa nesta medição: Helder oscilou 2 p.p. para menos e Simão manteve o percentual da pesquisa anterior. Os entrevistados que não sabem ou não respondem são 17%.

Rejeição
Os índices de rejeição dos candidatos do PSDB e do PMDB são os maiores: três em cada dez entrevistados paraenses declaram não votar em Simão Jatene de jeito nenhum, enquanto o percentual de Helder Barbalho aumenta e vai de 23% para 29%.  Os demais candidatos apresentam índices de rejeição entre 9% e 13%. Eleitores que declaram, espontaneamente, que poderiam votar em qualquer candidato são 9% e os que preferem não opinar são 20%. Nesta pergunta, o entrevistado poderia citar mais de um candidato.

Intenção de voto para o Senado
Os candidatos para o cargo de Senador pelo Pará, Paulo Rocha (PT) e Mario Couto (PSDB) apresentam-se em situação estável em relação à medição anterior: 23% e 17% das intenções de voto, respectivamente. Jefferson Lima (PP) aparece com 14% (oscila positivamente 1 p.p.) e Duciomar Costa (PTB) tem 9% (2 p.p. a mais do que obteve na segunda pesquisa). Os demais candidatos (Helenilson Pontes, do PSD, Angela Azevedo, do PSTU, Professor Simão, do PV, Enfermeira Marcela Tolentino, do SD, Pedrinho Maia, do PSOL, Eliezer Barros, do PRTB e Renato Rolim, do PCB) permanecem no mesmo patamar e têm até 4% das intenções de voto, cada. Eleitores com intenção de votar em branco ou anular o voto são 7% e aqueles que não sabem ou não respondem somam 20%.
Na pergunta espontânea, continua alto o percentual de eleitores indecisos quanto ao voto para Senador pelo Pará (70%); porém, cai 9 p.p. em relação à pesquisa anterior. O candidato Paulo Rocha volta ao patamar observado na primeira pesquisa com 8% das intenções de votos espontâneas. Mario Couto e Jefferson Lima, oscilam de forma positiva (2 p.p. e 1 p.p., respectivamente) e são mencionados por 5% e 4% do eleitorado paraense. Outros candidatos são lembrados por até 2% cada, e os eleitores com intenção de votar em branco ou anular o voto somam 6%.

Intenção de voto para presidente
A candidata à reeleição pelo PT, Dilma, tem nesse momento, 45% das intenções de voto entre os eleitores paraenses, enquanto a candidata pelo PSB, Marina Silva, tem 30% das menções (a primeira oscila 1 p.p. para menos e a segunda 1 p.p. para mais em relação à pesquisa anterior). Aécio Neves (PSDB) oscila 2 p.p. para mais e tem agora 11% das intenções de voto. Os demais candidatos estão no mesmo patamar e têm até 2% das menções cada um. Eleitores do estado que têm intenção de votar branco ou nulo são 2% e aqueles que preferem não opinar somam 9%.
Espontaneamente, a candidata petista é mencionada por 36% dos entrevistados (2 p.p a mais do que na pesquisa de agosto), enquanto Marina Silva cresce 5 p.p. e tem agora 24% das intenções de voto. Já o candidato peessedebista oscila 2 p.p para mais e tem 9% nesta medição. Eleitores com a intenção de votar branco ou nulo são 4% e praticamente um em cada quatro (26%) prefere não opinar.

Avaliação da atual administração
A administração do atual governador e candidato à reeleição Simão Jatene permanece sendo avaliada pelos eleitores paraenses, predominantemente, como regular variando de 46% para 41%. Praticamente um terço (32%) faz uma avaliação positiva (ótima/boa) de sua administração e 24% avaliam de forma negativa (ruim/péssima) - na última pesquisa os percentuais eram 29% e 22%, respectivamente. A maneira como o governador vem administrando o Pará é aprovada por mais da metade dos eleitores (55%, oscilando 3 p.p para mais) e desaprovada por 38% (queda de 4 p.p.)

Selecione uma das opções abaixo para ver os resultados detalhados.

 

Rodada atual                         Histórico de Rodadas


                       

  

Período de campo: a pesquisa foi realizada entre os dias 08 e 11 de setembro de 2014.
Tamanho da amostra: foram entrevistados 812 eleitores.
Margem de erro: a margem de erro estimada é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. O nível de confiança utilizado é de 95%.
Solicitante: pesquisa contratada pela TELEVISÃO LIBERAL LTDA.
Registro: registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Pará sob registro nº PA-00026/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo nº BR-000621/2014.
Data de Publicação:15/09/2014